terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Minha Poesia Publicada em Livro

Gostaria de postar no meu Blog algo que me fez
muito... muito feliz mesmo!!!

Fiquei muito honrada por participar
do Livro:

Brasil,
mais que um país, uma inspiração!


É a primeira vez que tenho um texto meu
publicado!


Fiquei muito feliz!!!


Orgulho-me por ter meu nome dentre
tantos outros
nomes de escritores que
partilham desse Universo
literário repleto
de tanta sensibilidade...

Os textos são muito bons!

Fiquei encantada ao ler
os contos, crônicas e poesias
que fazem parte dessa Antologia!

É realmente muito gostoso de ler...

São textos tão únicos...singulares em
cada palavra...cada inspiração...
vindo de cada um...

Cada escritor
contribuiu de forma tão plena...
tão livre...solta...natural...
que o Livro realmente ficou
muito bonito!

A leitura nos faz
percorrer caminhos
tão sensíveis...a nós mesmos...

É como viajar por lugares
que reconhecemos somente
através de letras e palavras
escritas...

Sim...
o que a leitura
nos propicia!

Só a leitura é capaz de nos
transportar
para dentro de nós mesmos
e...
permitir
essa fusão...

de sentimentos
de idéias
de experiências
e...
momentos...
momentos...
momentos...

registrados
em palavras
escritas...
em livros!


É motivo de orgulho para
mim ter participado
desta Obra Literária!

Antologia contendo crônicas, poesias e contos
de escritores brasileiros
organizada
pela escritora e comendadora
Izabelle Valladares,
juntamente com o colegiado da
Academia de Letras de Goiás - ALG


Fazer parte da LITERARTE
Associação Internacional de Escritores e Acadêmicos
só me trouxe alegrias!

Pude conhecer um Universo Literário
onde as palavras tomam forma e vida
e se realizam em leitura...
através do livro


Dentre tantos contos, poesias e crônicas
tive a honra
de ter minha poesia
intitulada

Figurino Perfeito

publicada no livro,
que contém os melhores textos e poesias
selecionados para book fair 2011
de Guadalajara - México


Que bom!!!
Fiquei muito feliz!!!

Aliás,
a capa do livro
ficou lindaaaaaaaaaa!!!
Mesmo!!!!!!


Postei no Blog a capa do livro:
Brasil, mais que um país,
uma inspiração!



Eu amo o meu país!
Sou brasileira
e me orgulho de pertencer
ao povo brasileiro, sim!

Temos uma riqueza cultural
tão própria...
que só o povo brasileiro
é capaz de produzir
tanta complexidade artística
nos mais diversos segmentos
desse Universo Arte!

Sim...

Tanta propriedade
assim...
que lhe é devida,
também
no título do livro:


Brasil,
mais que um país,
uma inspiração!

terça-feira, 29 de novembro de 2011

A Cultura e o Brasil

Aprecio a Arte em sua pluralidade.

Eu amo música e poesia.

Acredito ser a ética a única linguagem
eficaz entre os homens
e a única capaz de produzir mecanismos
de justiça social.

E a contribuição que a Cultura traz
para o desenvolvimento de uma Nação
faz com que uma sociedade ética
se volte cada vez mais para a Arte!

Tornando-se apta a se expressar
artisticamente e enriquecendo
culturalmente Seu povo!

É isso...Eu penso dessa forma.


Desejo que o Brasil saiba reconhecer
seus valorosos filhos que bravamente
lutam pela Cultura do nosso país!

Aqueles que se dedicam à Arte e
por ela nomeiam suas vidas,
e não desistem de mostrar
o quanto o Brasil é rico, talentoso
e competente artisticamente!

Espero confiantemente que
as medidas políticas empreendidas
em benefício da Cultura neste país,
reflitam a grandeza que o nosso povo
tem no campo das Artes!


Com carinho, Erica

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Campeonato Brasileiro 2009

Estou com vontade de lembrar a felicidade que
senti quando o Flamengo foi Campeão Brasileiro
em 2009!

O jogo no Maracanã havia sido tenso!

Naquela dia estava muito...muito quente!

Maracanã lotado!

Finalmente o jogo acabou e saímos de lá
com uma felicidade imensa dentro de nossos
corações!
Flamengo Campeão!
Campeão do Brasileirão!

Agora...neste ano...
não quero nem fazer comentários...

Mas naquele ano...em 2009
Eu ví o meu Flamengo lindo!!! Ser campeão!!!

E isso ninguém tira da gente!
Esse título...eu vou lembrar sempre!

Flamengo Campeão do Campeonato Brasileiro de 2009!

Flamengo Campeão Brasileiro de 2009!

Na época eu escrevi um texto
em homenagem ao Flamengo
e gostaria de postar no meu Blog


Flamengo

Talento no
exato momento
em que tento
disfarçar
o lamento
num tempo
sem gol

...

Um tempo-momento
interrompido!

O grito:
Gol!

O tempo no exato momento
do Gol do Flamengo!

O tempo-Flamengo
O momento gol
O título do Campeonato Brasileiro

Gol de um guerreiro: Angelim

As vozes não se calam
...
O Flamengo é campeão!

E em cada coração
...
a raça, amor e paixão
se unem
em uma profusão maior!

Ecoar o louvor
à vitória do Flamengo!

Os jogadores ali...

Estádio do Maracanã...

Reinam absolutos
num campo de futebol
tornando-se súditos
da torcida,
que os louvam
num grito de gol!

Pela garra,talento e
determinação

Diante de cada
torcedor flamenguista
...
Eis os guerreiros!

Os jogadores de futebol
representam
a luta
a fé
a garra
a força
a benção
a recompensa
o cumprimento
da missão
a que foram
destinados
...
Bravos!


E a nós,
torcida,
coube exaltar
tuas vitórias
a cada partida
...
Em cada lar

Em cada estádio
que foste jogar

Sim,
Flamengo!

Em cada esquina

Em todo o Mundo!

Que lindo!
Que orgulho!
Te ver pleno!

Flamengo!

À vós,
jogadores aclamados
para trazer as vitórias
ao Flamengo,
cumpriu-se
a Missão:
campeões!

Flamengo Campeão!

Campeão do Brasileirão!

Lindo! Lindo! Lindo!

À vós,
homens,
que lutam
num campo de
futebol
...
Sois os escolhidos
para trazer a paz
e a alegria
que ecoam
num grito de gol!

Apaixonados
por Ti,
somos,
Flamengo!

Cidadãos da Nação Rubro-Negra!

"E eu sempre
te amarei,

Onde estiver
estarei,

Oh! Meu Mengo!

Tu és time de
tradição

Raça, Amor e Paixão
...

Oh! Meu Mengo!"


Time consagrado para vencer!

Jogadores
ungidos para
liderar as vitórias
do Flamengo

Honrando
o próprio time

Flamengo!

Honrando
o próprio futebol

Na grandeza
de um time
de futebol carioca

Na minha
querida cidade:
Rio de Janeiro

Na grandeza do Brasil
Campeonato Brasileiro
de Futebol - Brasileirão

Na grandeza do mundo
Na torcida-mundo-Flamengo

Na grandeza da Nação Rubro Negra
Em cada canto do Planeta!


À vós, jogadores
que revelam
a dinâmica
do futebol arte
em movimento
...
com a bola
aos seus pés
...
Líderes
Obstinados
Fortes
Bravos!

Sobretudo,
Flamenguistas!

Cidadãos Rubro-Negros!

A conquista da Taça!

Campeão do Campeonato Brasileiro!

A raça
A garra
O talento
O amor
A paixão
...
Definem as vitórias
do Flamengo!

Querido Flamengo!

De tanto tempo
...
tantas gerações
...

União
de tempos,
povos,
culturas,
ruas,
classes sociais

Retratos fiéis
de um legado real
de tua eterna
existência

Porque
não ostentas

Vive
tuas glórias!

Imagens de vitórias
Notórias passagens
Realidade em troféus

À vós,
jogadores
...
A honra de vestir
o manto sagrado
A vocação
A exaltação
A missão

À torcida
...
A entrega
A desmedida
A euforia
A alegria

A vocação de ser
honrada por vós

A exaltação que apraz,
a Ti,
Flamengo,
enaltecer!

A missão de vestir
o manto sagrado
e por Ti torcer!

Vitoriosos
Vencedores
Campeões!

Valeu,Flamengo!

Somos Hexa Campeões do
Campeonato Brasileiro!



Com carinho,
Erica

domingo, 20 de novembro de 2011

Para Sempre ZICO !!!

Não posso deixar de registrar no meu Blog
algo que realmente me fez muito feliz!!!
Muito feliz mesmo!!!
E trouxe muito orgulho a minha família!
Tivemos a honra e o imenso prazer de sermos
recebidos pelo Zico no CFZ!!!
Foi muito lindo!!! E aquela tarde foi uma linda tarde de sol!!!
Nossa!!!
Foi um dia realmente muito lindo!!!
Generosamente fomos recebidos pelo grande gênio
do futebol Zico!
Caramba! Simplesmente Zico!
Eu faço minhas palavras serem escritas dessa forma,enfim, porque
o Zico é o Zico!
Eu amo o Flamengo,vibro com suas vitórias, sofro com
suas derrotas... mas sempre fiz do Flamengo mais do que
um time pra mim...o Flamengo me ajudou
a aprender a vida, a entender a vida...sim... a vida como
um grande jogo de futebol...com várias partidas e com suas falhas, triunfos e conquistas!
E neste meu aprendizado o protagonista e
grande mestre é, sem dúvida, o Zico!
Zico é uma leitura óbvia e sem mistérios de tudo
que não se explica no Flamengo!
Toda mística, toda não compreensão, os lances
inesquecíveis...Tudo o que entendemos
e não conseguimos compreender
na dinâmica do futebol tem um entendimento sim: Zico!
O Flamengo
nos trouxe um eleito!
Só o Zico é capaz de nos fazer entender o que é
ser flamenguista!A sua genialidade desperta um brilho ímpar
traduzido em partidas com lances que só um craque...
Caramba!!! Só o Zico
sabia fazer tudo aquilo!
Eu e meu marido gostamos de rever alguns jogos
memoráveis do Flamengo
na época em que o Zico jogava, e ver os DVDs...
Nossa!!! É realmente
diferente, cara! É incomparável!!!
Tem um "não sei o quê" de ser Zico!
Simplesmente Zico!!! O gênio e craque Zico!
Ficamos muito felizes porque nosso pequeno flamenguista
tirou uma foto...
não... ele deixou tirar duas...
duas lindas fotos do Paulinho com o Zico!
Como somos privilegiados por sermos uma família flamenguista
totalmente rubro-negra de coração...
Sempre...sempre vamos nos lembrar
desse momento tão lindo em nossas vidas!!!
Orgulho mesmo, cara,por ter
estado lá naquele dia! O Paulinho...então...ficou tão feliz!
Sabe quando você percebe que seu filho
está felizinho mesmo?
Coisa de criança...Genuinamente puro e feliz da vida...
uma felicidade
linda de criança...Ah! Eu ví meu filho assim...
Seus olhinhos brilhavam
e ele,lógico, já tem toda uma idéia formada do que
é o Flamengo e
conseqüentemente o que representa estar perto do Zico!
Obrigada, Zico!
O Paulinho teve a oportunidade de conhecer
um verdadeiro
craque! E, com certeza, sendo membro de uma
família rubro-negra, terá
sempre como exemplo o jogador, o craque , o gênio,
enfim, sempre falaremos
para o nosso filho, o exemplo de um jogador que
fez história no Flamengo!
É isso, Zico! Você fez a diferença no Flamengo!
Sim, o eleito!
Isso não é falar por falar e alguém achar que
estou falando bobeira, não!
Isso não se explica! Sim,é o eleito!
Mas não se explica,justamente por causa dissso!
É algo tão único, que toda essa coisa de ser genial
traz a sua revelação
por si só, traduzida nessa pessoa linda que
você é e que trouxe tantas alegrias a nós flamenguistas!
Você é a explicação!
Você é o eleito!
Você é o Zico!
Você veio ao mundo justamente
para fazer a diferença!
Você, Zico, fez a diferença no Flamengo!
A sua genialidade, um ser tão especial...
que não veio para ser mais um,
mas para fazer a diferença!
Fazer a diferença num clube que é simplesmente
a maior torcida do mundo!
UAU!!!
Indiscutivelmente, Zico!
Qualquer torcedor de qualquer outro time diz isso!
Indiscutivelmente, Zico!
Por mais que sejam apenas palavras no meu Blog,
queria sim, deixar registrado esse momento tão lindo
para minha família!
A foto ficou linda!!! Mesmo!!!
A tarde estava linda!!! Muito lindo!!!
A gente nunca vai esquecer!!!
E o Paulinho é realmente uma criança de sorte!
Nossa!!! Parece que nem vou mais parar de escrever!!!
Poderia até escrever uma tese
sobre o "tudo" que o Zico representa para o Flamengo!
Suas jogadas geniais, seu exemplo!
Enfim, Zico, alguns jogadores
brilham em campo, outros brilham muito mais...
e seu brilho é eterno!
Para sempre Zico!!!
Eternamente no coração dos flamenguistas que muito
lhe agradecem por tudo!
Por todas as alegrias,as vitórias,as conquistas
que você trouxe ao Flamengo!

E deixo, aqui meu obrigada também,de coração!
Por ter feito
uma família flamenguista ficar tão feliz e orgulhosa
do nosso craque
maior!
Você, Zico!
Obrigada pelos autógrafos nas revistas
e camisas e... Nossa!!!
Os livros autografados também!!!
Não posso deixar de comentar que
o livro é lindo!!!
Uma história linda de vida, de garra,de superação,
história de um homem de família,
de um gênio,
história de um flamenguista!!!
Os livros foram presentes lindos também!!!
E eu...então...adoro livros!
Sim, foi com certeza,um daqueles dias para a
gente não esquecer mais!!!
Que Deus abençoe sempre você e sua família!
E obrigada por ter feito a nossa família feliz!
Caramba, ver o Zico, tirar foto e ter autógrafo...
Nossa !!!
Ele foi super atencioso e simpático!
Parecia que eu já conhecia ele há muito tempo,sério...mesmo!!!
Foi tudo bem natural!
Caramba!!!
O Zico é o Zico!!!
Eu e minha família nunca vamos esquecer!
Foi muito legal!
Foi legal mesmo!
E o ZFC é realmente muito bonito!
Parabéns,Zico!
Por tudo que você é!

Com carinho, Erica

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

O Valor Humano

Gostaria de postar no meu Blog um texto meu intitulado O Valor Humano

Acredito que a Humanidade tenha se tornado refém
de si mesma supondo ter
capacidade de aquisição!

São reféns da própria aquisição que lhes importa
serem capazes de supor
humanos!

Num mundo assim criado e inventado por eles!
Donos do capitalismo desenfreado e que torna a
Humanidade assimm...
refém...de si mesma!



O Valor Humano

O ser humano
é a própria oferta
capital de si mesmo

A demanda
é a dignidade
que lhe honra comprar

Consuma
Consuma
Consuma
...
e terás o que
nunca te bastará
mas
serás digno...

Para quem
vai tanto lucro?

Com quem fica
o prejuízo?

Construir o quê?

Estamos construindo o quê?

Fabricar o quê?

Estamos fabricando o quê?


Ter...

Ter tanto assim...

O quê?
Para quê?

Será que não te
esgotas no
teu querer?

Querer para ter!
Ter para ser!
Para poder ser!

Sim,

Eis o Poder!

Para onde vai todo esse apital
que faz girar o mundo?

Que tipo de construção
estamos construindo?

Estamos fabricando o quê
em nossas
fábricas?

Humano é ser!

Humano não é ter, ter, ter!

Não, não é piegas dizer isso!!!
Cafona e brega é o capitalismo!
Notoriamente ultrapassado!

Ser é humano!


Nós nos perdemos!

Esquecemos
o que verdadeiramente
somos

Sempre tão preocupados
com o que, humanos,
tão somente,
humanamente,
temos!

E não, preocupados com o que,
humanos, somos!


Sim, o Poder!

Sim, a grande oferta
capital de nós mesmos!

E, pateticamente,
nos reconhecemos assim

Porque,
sem ter,
não somos
seres
tão...humanos
...
Tão humano
assim...
ser um ser humano!

E assim...
nos afastamos
da Conduta Maior!

Pois,
temos que ter!

Torna-se imperativo!

E nos aproximamos
do material/físico
tão entregue ao capital!

Patético demais!

Tantas cédulas
em enigmas
devotas ao consumo

Tantas moedas
em relevos
sinuosos
digitais

Digitais que
movem seus
impérios
por
circular moedas

Tanto consumo
que
insinua
enigmas...
em relevos
tão capitais...
em tantos impérios...

Tão ébrios...

Incrédulos
em sustentar
suas cédulas

...

Sustento do
poder que
te consome

Crédulas
sementes
da honra que
não dignifica


Fica
Cita
tua ira
em corromper...

Porque precisa
ter mais, mais, mais!

Até controlar
o poder...
em tuas mãos
...
regadas de números
banhados por cifrões


Intrigas
em iras
contidas
no povo
que sofre e
perde o controle


Porque o Poder
está
em tuas mãos


Pagãos


Mundo Cão


A massa desenfreada
que se orienta
na velocidade
do retrocesso
em que se abandona

Lona...
de um
circo
rico
repleto de palhaços
que ironizam
e ridicularizam suas platéias

Eras...

De um tempo
tão lúdico
quanto seu
estandarte


E que baste!


Teu consumo
te traga
...
em auxílios
inoperantes


O que lhe é grato!


Não é bastante
oferecer o que
não tem retorno

É o pouco
que nos credita

E destrói a raça humana!

Em créditos cobrados
por mínimas
honras!


Volta ao começo!

Retorna teu eixo!

Anula tuas
cifras

Teus créditos
inafiançáveis

Tuas cédulas
tão prosaicas
e moedas
disformes

Acelera seu
crescimento...
o progresso humano...
Na ordem dos valores
que promovem o Bem!

Para ser...
e nos tornarmos dignos
por não somente
termos,
mas
sobretudo...
por sermos
humanos!


Erica

sábado, 5 de novembro de 2011

Esquecer é Opção !

Esquecer é
lembrar que não lembra....
..
ou que não quer lembrar...
não faz a mínima questão...


A lembrança é o que não se quer esquecer


Não há esquecimento...

É o depósito da memória...


Ainda que,
o que se lembra...
nem lembrado deseja ser!


Oh! Sarcástica memória!


Enfim...


Esquece que se esqueceu...
e lembra...


Lembrar é não esquecer


Esquecer não é não lembrar

Esquecer é saber que a lembrança
é acontecimento apenas na memória


Esquecer é opção!


Não quero lembrar de tudo que lembro

Meu esquecimento é o não acontecimento na memória

Meu esquecimento se traduz na lembrança
do que se não se quer lembrar

Se...
Penso, logo existo

Se...
lembro, logo esquecido pode ser!


Logo,
se esquecido,
nem lembrado será!

A minha faculdade
de lembrar não se sobrepõe
ao esquecer!


Se lembro, esqueço!


Se esqueço,
não será lembrado por mim!


Desorienta-me o pensar?


Busco exatamente não orientar
meu pensamento

pois,
se...
Penso, logo existo
e se...
existir me faz lembrar racional
logo,
a minha lembrança
faculta meu esquecer


E se esquecer quero,
lembro que não quero pensar
que algo existiu!


E se o querer/esquecer
faz racionalizar a lembrança...


O que se esquece nunca será mérito
de lembrança alguma

A existência,
por si só,
já existe e é o que se tem como vida
sendo a existência
anterior a ela

Ora, se quero esquecer...
Esqueço!


Lembrança nenhuma ficou


Minha capacidade racional
possibilita-me
esquecer

Logo, não me interessa lembrar
o que não quero


Mnha memória subjuga tal acontecimento


Lembrar é não esquecer
ou
...
não querer esquecer


Esquecer é opção!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

ABSOLUTO

Há realmente um poder absoluto?
Não, o poder é omisso, logo não absoluto.
O absolutismo não traz a exatidão mas incorpora
medidas exatas de uma conduta.
O que é omisso se esvai e se completa pelo próprio descaso
que lhe preenche neste meio, porque o futuro
talvez não interessa ser tão pleno...no absoluto dessa
verdade desconstituída...omissa...
Tornamo-nos absolutos, então...
Somos nós absolutos?
E dependemos dessa verdade para nos tornarmos perfeitos,
inteiros, plenos, desconstituídos e omissos?
Temos o poder absoluto em nossas mãos e o entregamos
a nós mesmos?
O que queremos?
Nós nos constituímos a verdade?
Constituímos o poder absoluto a nós mesmos para suportar
e sustentar a dinâmica da vida na realidade humana?

Somos tão absolutos assim...e não sabemos?

À que se atribui a necessidade desse poder?

Omite-se a verdade absoluta porque temos receio do que
seria o fim...e se esse não fosse tão pleno...seria objeto
de interesse apenas o meio?
Paramos no meio?
Estagnados nessa dinâmica da vida humana?
Sim...Talvez...
Talvez na minha...na sua verdade absoluta...no exercício
do poder absoluto em sustentar a realidade humana
a que servimos,
escravizados por essa mesma verdade absoluta,
minha e sua
e que não são distintas;
partilhamos do mesmo poder absoluto.

E aqui...estamos...
Uno...
Indivisível...
Partículas diluídas num espaço absolutamente real

Seria a realidade absoluta?
Não
Então por que insistimos em sustentar a verdade absoluta
nesse meio?

Quem é o primeiro?
O segundo?
O terceiro?

Precisamos do começo...
O perfeito, o inteiro...
O pleno...

Não há o que ser absoluto para os humanos...
Não lhes é atribuído este poder...
A verdade não lhes pertence...
nem tampouco o poder para desconstituí-la,
omiti-la ou
apagá-la.
A realidade humana não é absoluta.
A verdade humana não é a verdade absoluta de uma realidade.
A verdade já é por si só a verdade.

A mentira faz vencer o fracasso...
O que se derrota na dinâmica da vida a cada dia...
A vitória que traz a glória aos desafortunados!

E a quem interessa o fracasso?
Interessa a muitos...
Logo há um regozijo na mentira, pois assim são
vitoriosos em promover misérias, mazelas e
os derrotados dinamizam essa vida decadente e precária
a cada dia...
E diante dessas mazelas
acredita-se trazer vitórias aos que mentem e movem
essa decadência na vida humana

E para proteger a mentira se apropriam dos desafortunados
dessa glória ruborizada por vidas que se vão...
ao chão, nas sarjetas...
Tais servem à glória da verdade absoluta que a mentira criou...

Glorificados sois,
pelo perdão,
por muitas vezes não saber o que fazem!


Será assim sempre?
Mentir para dizer a verdade?
Que verdade?

...que reparte e não compartilha?
...que entrega e não doa?
...que usa e não fica?

Onde está a Vida?
A Vida?

Que dinâmica?
Que identidade?
Que realidade humana?

Sem tampouco ser a realidade absoluta?

Que luta nós compartilhamos?
A que luta nos doamos?
E com que ficamos?

Se não se reparte...não há entrega...
só se usa...
e nada fica!


Minha, sua mentira
Minha, sua verdade


O que se reparte?
O que se compartilha?
O que se entrega?
O que se doa?
O que se usa?
O que fica?

Fica...

Estamos aqui!

Cumprindo a mesma dinâmica de vida...

Continuamos assim...

Numa perspectiva escravizada e devotada ao nosso
poder absoluto
...aquele que criamos,
admitimos,
e aceitamos
por muitas vezes ser a nossa própria
verdade absoluta!

...E continuar sendo nós mesmos
...pela nossa insistência em mentir!

Mentir uma verdade...
Tornar verdadeira uma mentira...

Para suportar a vida...

A dinâmica da vida em mazelas...a cada dia

Por não suportar mais!

E o que dizer da emoção...
diante de uma sociedade contemporânea,
a esses seres racionais?

Diluam-se
e partilhem as
emoções da vida

Na razão do viver pleno...
para ser inteiro
e perfeito!

Como perfeitos sois,
desde o começo!


Erica

ABSOLUTO

A omissão traz o descaso diante
da plenitude
do que se faz perfeito por inteiro ser
e assim entender tudo...

O Absoluto em viver!

Por isso se fala a verdade tentando omitir
É preciso viver a realidade absoluta de uma suposta verdade!
É a própria identidade que se faz por merecer...
por assim crer...
Estamos preparados para crer?
Para viver?
Para aprender?
O que é a verdade absoluta e por ela viver?
Precisamos de uma identidade humana
Precisamos de uma realidade para viver
Precisamos, logo, de uma verdade absoluta para termos
uma realidade humana.
Omitir-se numa tentativa de falar a verdade
É o próprio exercício do viver...
A identidade que nos foi dada...
A realidade humana que nos foi oferecida...sendo o ser
racional anterior ao ser emocional...a razão emocional da vida
Ser o meio sem ser início e tornar puro descaso o fim,
já que a omissão traz o descaso ao absoluto viver...
E o que dizer do poder absoluto que move essa dinâmica da vida absolutamente perfeita...inteira no entendimento da verdade absoluta
do absoluto viver?
O que é a verdade absoluta de um poder absoluto, já que,
a própria dinâmica da vida se entrega a essa realidade concebendo
uma identidade humana nesse viver?

ABSOLUTO

Não há verdade absoluta sem restrição a ilusão
Não há verdade sem haver uma restrição a se iludir
Porque a própria verdade absoluta que se cria, por si só,
não permitea ilusão
Se há uma necessidade de se criar
uma verdade absoluta, é porque não
deseja se iludir; a vida é crua, a minha e a sua.
Não há ilusão.
Há, sim, uma necessidade humana de se iludir a despeito
de qualquer sofrimento que se sobreponha a sua verdade
Esta é a verdade absoluta...
O que se torna absoluto à verdade humana!
Absolutamente racional, sem mérito à emoção, já que a racionalidade
não lhe torna anterior.
Não quer ilusão
Não quer emoção
Seremos assim eternamente racionais servindo à nossa realidade
absolutamente devotada ao que esvravizados nos servimos
a nós mesmos.
Temos o poder absoluto de servir à nossa própria verdade absoluta.
E viveremos sem a emoção necessária para unir
alma/carne em um pilar racional...
Somos seres racionais, pensantes e inteligentes,
mas devemos muito à emoção
racional humana...que pelas entranhas do Universo nos fez
diluídos nesse espaço...tão complexo...
Sim...assim observando a organização social dos sere humanos
em sua verdade absoluta, muito empenhados e discretos
ao mentir demais...

Mentir para dizer a verdade
Falar a verdade tentando omitir
Ser omisso para ser verdadeiro
Ser o mesmo,
apenas por insistir em mentir

terça-feira, 11 de outubro de 2011

O Pop

O que seria o pop ?
O julgamento autorizado do que se convenciona ser
aceito por uma grande maioria.
Isso, em cada segmento do "seu" popular.
Considero surpreendente o alcance do pop!
Um fenômeno tão lindo que, na verdade, é tão
natural à vida humana e tão simples...por justamente
ser sentido em sua complexidade!

O ser humano é um ser não conciliador por natureza!
Há na natureza humana uma dificuldade muito grande
em aceitar o simples e por sua complexidade viver.

Há a complexidade!
Há a diversidade!

Sim, parece que tudo que se apresenta como "novo" exige um tempo
para ser absorvido pelo ser humano.
Lógico, isso lhe é tão original na experiência humana...
E assim...permitimos ser tão lentos quando "crescemos"
e tão contrários à evolução humana!
Parece que insisti"mos" em não querer progredir...
E trata-se de um "novo" que na verdade é tão "velho",
palavra incômoda, né? "velho"
Na verdade não é "velho", é o "novo conhecido" que se
prefere tornar desconhecido ser, porque é mais cômodo

Afinal, tão incômodo lhe seria o novo
quanto o cômodo velho ser!

O que incomoda é a falta de disposição em querer entender
e a falta de interesse em tornar simples o que
se insiste em complicar!

Resolve-se várias questões "amparadas" por guerras em longas
justificativas por defender intrigas, discórdias e ambições!
O papel da diplomacia deve ser poupar seus líderes de infortúnios
antecipados.

Que diplomacia?
Que diplomáticos ser somos?
Quão diplomáticos somos?

Muitas vezes, na verdade, antecipamos infortúnios, por assim dizer!

Resolve-se, sim, operações matemáticas em guerras que se travam
por números em cifras.

Que tolice!

Ah! E o ser humano continua assim...
Não aceitando a evolução que lhe é permitida ser/ter.

Ah! Mundo antigo!
Desconhecendo sempre o Novo que lhe vem!

Por que?

É...o ser humano é assim... e enquanto desconhecer ou
não quiser conhecer a sua complexidade nunca
encontrará o que lhe é tão simples

E se tornará cada vez mais complicado o próprio viver!

E aí teremos que encontrar respostas para perguntas que nem
precisariam ter sido feitas!

Ao reconhecer suas próprias verdades por absolutas,
vive-se numa mentira,
que não lhe será possível sustentar por muito tempo!
Que tempo?
O tempo que se criou tão burocraticamente...para ser vivido?
Um tempo ido?
Um tempo que não é nosso, não é meu e nem seu!

O ser humano tem a sutil capacidade de insistir em querer
conduzir tudo...até o próprio tempo!

Que ridículo!

...Querer conduzir os seus julgamentos para autorizá-los
serem aprovados...!

Insistem em querer se tornar donos das verdades que lhe são
impostas a si mesmos!
Nossa! Que complicação!
Mas, é assim mesmo que se explica!
Torna-se tudo meio que complicado mesmo!
E, na verdade, tudo é muito simples!

Viva a complexidade!
Viva a diversidade!

Ao ser humano não é dada a capacidade de criar a verdade!
Esse mundo não é nosso, não é meu e nem seu!

O que vem a ser,
já o é,
porque assim sempre foi
e sempre vai ser assim...

Tão simples quanto viver!

E deixe que Deus nos conduza e nos una
no Seu Sábio Querer!

À nós, cabe a simplicidade do Viver!
Assim...
Tão simples como deve ser!

E para "fechar" todo esse entendimento e retomar a pergunta
no início do texto eu diria:

E que Viva o Pop!!!
Tão complexo e simples como a Vida!!!
Ou tão complexo e simples como esse texto em seu desfecho.
E Viva o Pop, sim!!!
E Porque?
Porque tem tudo a ver!

Tão simples quanto o complexo ser!
Tão complexo quanto o simples ser!


Um beijo!
Com carinho,
Erica

domingo, 9 de outubro de 2011

Rock in Rio

Amo!!! Amo!!! Amo!!! Rock!!!
Amo a boa música !!!
A música de boa qualidade !!!
Amo O Pop!!!
Amo muito muito muito o Pop Rock !!!
A Humanidade certamente não teria se desenvolvido sem a contribuição do Rock!
E quando escrevo isso penso em todas as pessoas céticas, preconceituosas e que assistem a tudo sem reconhecer a importância que a contribuição musical
traz ao desenvolvimento do ser humano!

Depois eu continuo!

Tchau!!!

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Romântica Eu sou Romântica

Gostaria de postar que sou assumidamente romântica
e deixar aqui algumas
citações de um livro fofo que tenho e
que tem como título: Seu Estilo Romântica
Na livraria tinha várias opções de estilo e escolhi esse que é assumidamente o meu, incorrigível, adepta do conceito
romântico do viver
ideal! Que eu defendo totalmente! Porque o que é
ideal tem como objetivo o que se aproxima do que realmente entendemos como o melhor, sim, o melhor para a sociedade!
Mas,onde estão os idealistas? O ideal, o romântico... não é fruto de idéias inconseqüentes ou inatingíveis, mas, sim a vontade de ousar e dizer o que as pessoas não dizem porque já estão acomodadas com o viver sem ter mais nenhum ideal.
Sim, eu sou bravamente romântica!
Orgulho-me do movimento do Romantismo!
Orgulho-me do entendimento romântico que existe neste mundo!
Partilhado por poucos!
Porque muitos não o entendem!
E não o vivem e nem sabem o que é ideal!
Paramos de ter ideais! Perdemos o sentido pueril do idealismo
vivificado por lutas, conquistas!
Paramos no tempo completamente sem ideais!
Quem dera um mundo romântico!
Sou romântica e partilho de idéias românticas até mesmo por ser mulher,
dentro do universo feminino!
O ideal romântico até mesmo nas relações amorosas!
Afinal, qual o ideal de um homem em relação a uma mulher?
A mulher ideal...
O homem ideal...
O ideal
O romântico
...

Deixo aqui algumas citações extraídas do Livro Seu Estilo Romântico:

"Escrever também a seduz,
especialmente as histórias de amor,
amizade, mistério...
Curte toda a atividade que permita dar asas
a sua imaginação,
sempre inquieta e mirabolante!

"As pessoas reis estão cheias de seres imaginários"
Graham Greene

Há um universo inteiro dentro de você!

Às vezes precisa lutar contra as incertezas,
a falta de confiança.

Levante essa cabeça, sacuda esse amuleto mágico
que é o seu cabelo,
respire fundo e entre decidida.
Mostre toda a sua simpatia!

Use o seu senso de humor.
Aprenda a rir da sua insegurança!
Nada mais sedutor que um sorriso...

Você tem capacidade para enfrentar o mundo
com entusiasmo e otimismo.

Sonhar, sentir, apaixonar,dividir, cuidar, mudar o mundo;
todas as metas que se propõe incluem os outros.

A graça e a leveza inspiradora da dança e da arte
atraem você.

Quem a conhece, concorda: a ternura é uma das qualidades
que melhor definem você.
Assim como a sua facilidade para se colocar no lugar
dos outros e entender os sentimentos de todos.

Discreta como poucas pessoas neste mundo

Sua sensibilidade tão delicada

Seja na roupa, seja no cabelo, com uma maquiagem leve,
mas sempre muito bem feita...você cria um estilo superatual...
e, ao mesmo tempo, cheio de antigas lembranças.
Uma princesa medieval no império da tecnologia e da comunicação!

Seja como você é: especial, criativa, cercada de flores e corações.

Você uma mistura vintage de menina e mulher.
É a dona do tempo!

Você é uma garota única, incrível, com muito valor, talento
e um grande coração.
Se se esforçar para ser outra, desperdiçará energia demais em algo
que não trará felicidade, porque o melhor, sempre, é ser você mesma.

Vale a pena valorizar os seus pontos fortes e correr atrás das metas
que realmente tenham a ver com você.

Sua grande sensibilidade permite perceber o que ninguém capta:
gestos de cumplicidade,
olhares,
piscadas que dizem mais que palavras,
essas linguagens tão românticas...

Mas...atenção, rainha incontestável
das heroínas fantásticas!
Seu enorme desejo de amar
pode levá-la a confiar em quem não merece
o seu amor.

Sonha com cruzeiros por mares turquesa, aventuras no deserto
e emocionantes safáris pela selva.
Porém, na hora de fazer uma viagem, o medo do desconhecido
costuma causar algumas dúvidas em você.

Às vezes,por se concentrar muito no cuidado de uma árvore,
perde de vista o bosque.

A natureza exerce sobre você a atração poderosa de um ímã.
O campo, o mar e a montanha conquistam-na com suas paisagens
encantadas.
E o céu estrelado, com seus mistérios.

Você vive com um pé na Terra e o outro na Lua.
Suas horas passam entre fantasias, sonhos e planos.

Sua imaginação é tão fértil e poderosa...
que, às vezes, você sonha a vida
em vez de viver o sonho.

Adora os filmes em que a garota humilde
se transforma em princesa.
E a princesa foge do castelo
para conhecer o mundo e se apaixona
pelo motorista!

Uma simples canção pode fazer com que se emocione
e se derrame em lágrimas.
Uma poesia pode transpotar você a paraísos
dos quais se nega a sair:

"Ponho estes seis versos em minha garrafa e lanço-a
ao mar com o secreto desígnio de que, um dia, chegue a uma praia
quase deserta e uma criança a encontre e a abra, e em vez de versos
tire pedrinhas e socorros e alertas e caracóis."
Mario Benedetti

Tente confiar nas suas qualidades, que são muitas e muito valorizadas
por todos a sua volta.

Vontade de encontrar pessoas que compartilhem seus ideais
e interesses."

Brenda Berry

Este livro lindo do qual extraí alumas citações, e que é um dos meus xodós,
é da editora V&R
O livro se chama: Seu Estilo Romântica
Escritora: Brenda Berry


Que bom que sou romântica!
Que bom que sou assim!
Orgulho-me muito de assim ser, principalmente num mundo de hoje...
tão escassso de gestos sinceros e tão superficial...

Que bom... ser assim... romântica...

Um beijo!
Com cainho, Erica










quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Anotações sobre Fernando Pessoa

Para Fernando Pessoa, vive-se só no presente.
"Mas eu não quero o presente, quero a realidade;
quero as coisas que existem, não o tempo que as mede.
O que é o presente?
É uma coisa relativa ao passado e ao futuro.
É uma coisa que existe em virtude de outras coisas
existirem.
Eu quero só a realidade, as coisas sem presente.
Não quero incluir o tempo no meu esquema."

Há em Fernando Pessoa uma inteligência discursiva.
Para ele o futuro faz do tempo uma decadência
constante.
A certeza do futuro é o mal presente.
A posição em relação ao futuro consiste no desejo
de o negar,
de não o encarar de frente e sobretudo de descrer.

"A vida? Não acredito
A crença? Não sei viver!"

A lei da fatalidade, própria do passado, apoderou-se do
futuro: não deixa lugar à esperança, ao projeto, ao desejo.
Por isso, não há mais do que um futuro passado.

Frases bruscas:
"Adia-te, presente absoluto."
"Véspera de não partir nunca!"

A condensação das idéias contraditórias resulta
dramaticamente num verso emblemático.


"As férias em que existo."

A metáfora "férias" designa um intervalo entre o nada e o nada.

Obs: A frustração é um dos traços mais vincados
da obra pessoana.
Contudo, o fracasso referido em todos os tons não é fruto de
um temperamento medíocre e sem capacidades;
pelo contrário, o sujeito afirma a
intensíssima vida interior,
as suas imensas possibilidades,
a sua alma aberta a tudo;
e opõe-lhe, paradoxalmente,
a grande irrealização.

Importa salientar a convergência na composição
de vários temas:
- a vida sonho
- a separação de si próprio
- o tempo alheio à vida e à inquietação
- o tédio
- o passado perdido
- o tempo destruição desaguando na consciência
da vida frustrada,
o que revela ser este um dos motivos
mais importantes da poesia de Pessoa em relação
ao tempo;
motivo a que talvez só possa ser equiparada a da
insatisfação.


"Eu, enfim, que sou um diálogo contínuo,
um falar alto incompreensível,
alta noite na torre...
Eu, o poeta, enviado do Acaso, às leis
irrepreensíveis da vida.
Eu, o fumador de cigarros por profissão
adequada...
Eu, este degenerado superior sem arquivos na alma,
sem personalidade com valor declarado.
Eu, o investigador solene de coisas fúteis,
que era capaz de ir viver na Sibéria...
Eu que tantas vezes me sinto tão real
como uma metáfora."
A. de Campos


"A morte que o futuro trará para as
esperanças,
contamina-as previamente e fá-las mortes
desde já."
Fernando Pessoa

"Porém o futuro não é só dom.
Não nos pede apenas esperança e confiança
Exige trabalho, esforço e conquista."
Fernando Pessoa

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Poesia Recitada Aprendiz

Gostaria de postar que a poesia que eu publiquei
no Blog intitulada Aprendiz, está também
na minha escrivaninha de áudio no site que
eu frequento
no Recanto das Letras
www.recantodasletras.com.br

Para acessar a minha página o endereço é: www.recantodasletras.uol.com.br/autores/ericavoice
Ah! E...vale a pena visitar o Recanto das Letras e
surfar um pouco nessa praia onde as ondas levam e trazem todos os poetas... Às vezes acho que preferiria continuar
surfando nesse mar... e algumas vezes nem voltar à
praia...e só ficar...sei lá, navegando,
nadando, mergulhando, velejando,
surfando nessas águas...completamnete sem direção...

Espero que goste desta poesia recitada - Aprendiz - e também
das outras
poesias recitadas que tem lá...
Na minha escrivaninha de áudio também tem músicas
interpretadas por mim e outras músicas da minha
própria autoria - letra e
música.
Se quiser pode conferir... eu gosto de cantar também.

A minha grande paixão é cantar, esvrever e torcer pelo FLAMENGO!
Feliz e privilegiada nessa vida por ser Flamenguista
e pertencer a Nação Rubro-Negra! UAU!!!
Que lindo!!!

Bem, quando quiser... Visite-me na minha página no Recanto e
tenho certeza que você vai gostar de ficar
na minha escrivaninha de áudio escutando minhas poesias recitadas e minhas músicas! Ah!Ah!Ah! Bem...espero, né!

Tchau! Tudo de bom! Lógico...Eu! Eu sou tudo de bom!!!
Ah!Ah!Ah! Estou muito boba hoje! Afinal dar uma melhorada
na autoestima não faz mal a ninguém...
Beijos
Com carinho
Erica

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Uma Poesia do Meu Livro

Gostaria de postar uma das poesias do meu Livro.
Sentimentos e Tempo - Poesias
Gostaria de postar no meu Blog um pouco de mim em palavras...o teor poético das minhas apreensões diante da Vida.
Espero que alguém goste!

Para a construção dessa poesia eu tive como material poético o sentimento de exaltação à Cultura e utilizei a imagem da Biblioteca para ilustrar
o fascínio que esta exerce aos que buscam o conhecimento, sendo a mesma o próprio Templo do Tempo.
A Poesia segue uma trajetória que se volta para os que, fascinados pela
beleza que a capacidade do saber traz, ousam questionar...
e se deleitam em aprender, fazer novas descobertas... e que impulsionados pela curiosidade...elevam seu espírito e permitem que
as palavras possam tomar forma e vida em livros.


Título: Aprendiz


Aprendiz
das tuas letras

Páginas e páginas
de constante
busca...
por
encontros
rupturas

continentes
ruas

realidades
fugas



Ficção
Histórias
Utopias
Rimas

Linhas, linhas e linhas


Tão
bastardas

Tão
Alquimia


Tão
exatas

e

Tão
curvas

na mesma linha


Tão...Talvez...

Às vezes...Nunca...

Nem ser...


Tu és!


Mas...sempre
tua
...
Aprendiz

Feliz
por te encontrar

E assim...
ceder à rupturas

Por continentes
...
ruas
...
a desvendar
...
minha bússola
em alto-mar


A realidade
que apraz
ser na fuga
este meu encontro

...

Quando
nessa
busca
me componho
e te descrevo
...


Enredo


Porque és sim
és não


És livre arbítrio


És união
neste convívio
...
em que
proclamas


O questionamento
A indagação
A dúvida

E nos traz

A resposta
A certeza
A inquietação lúcida


Pois sempre
continua
...
a busca
..
por ti!


Biblioteca!


Possibilidades
Únicas
Plurais
Dúbias
Desiguais


Biblioteca!


Tu és Espetáculo
Oráculo
Cápsula
Mácula


Tu és
possibilidades
em todos os seus
livros

A ti
se fez
vocábulo
de coletivo


Biblioteca!


Reúno-te
em meu ser
...
em minha essência
ao te ler
...


Ao singular
Ao plural
à que tal coletivo
me orienta
...
Nesta busca
por aprender
e conter
...
o que não se
contém em si

Em suster
o que não
se sustém
em si
E nunca merecer
o que merece
a ti!


Contém
Idéias
Pensamentos
Tempos
...

Ei-los!

Pertencem a ti!

Sustém
Os Princípios
Os Valores
Os Louvores

Ei-los!

Pertencem a ti!


Missão Plena

Plenamente tua

Mérito teu


Mas não nos
deixe órfãos


Soberana Matriarca Biblioteca!


Pois a busca
por possibilidades
que tu trazes
à Humanidade
nos orienta


À crítica
À mítica
À excelência
da vida!


Permita-nos
te encontrar
na busca
desses momentos
em que
buscamos
desencontros
...
para encontrar...
tudo
o que
ousamos buscar...

Conhecimento!



Espero que tenham gostado!

Eu amo escrever!
Aredito que a expressão artística literária seja uma das
coisas mais lindas que existe nesse mundo!
Eu simplesmente amo escrever!

Com carinho,
Erica

Meu Filho é Muito Lindo !!!

Estou muito orgulhosa do meu filho! Ele realizou
suas primeiras provinhas na escola!
Houve a avaliação do conhecimento adquirido ao longo
do 1°semestre em seu Colégio; cursando o 1° Ano do
Ensino Fundamental.
Fiquei muito feliz porque acompanho o desenvolvimento
do meu filho e me orgulho de dizer que ele demonstrou
interesse pelo cumprimento das tarefas escolares!
Realizando o dever de casa e estudando com o papai e a mamãe
para se preparar para a prova!
Parabéns, meu lindo e querido filho!
A coisinha mais linda do mundo de amor!!!
Como a mamãe costuma dizer...
O importante é sempre procurar fazer o seu melhor e se esforçar para
obter bons resultados!
E mais uma vez, Parabéns!
As notas foram ótimas!

Gostaria de dizer que o Colégio vem revelando uma ótima
qualidade de ensino! E que meu filho tem tido um aproveitamento
muito bom, apresentando interesse pelo estudo e
progredindo cada vez mais!!!
Mamãe quer ver você sempre brilhando!!!Como a estrelinha
mais linda
no Céu!
Mamãe e Papai te amam muito e estamos muito
felizes por participar
de mais uma etapa da sua vida! E podemos observar o quanto
você está crescendo e progredindo!!! sendo uma criança linda!
Que Deus te abençoe muito sempre!
E que os anjinhos sempre estejam ao seu lado te protegendo!
E que você tenha uma vida sempre muito linda de
muito amor no coração!!!
Parabéns, meu anjo!
Meu eterno tchow, tchow, tchow!!!

Parabéns!!!

Mamãe e Papai te amam muito!!!

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Anotações sobre Fernando Pessoa - Presente

O presente para Fernando Pessoa é o esquecimento da vida.
O sonho.
Uma compensação para a realidade amarga e hostil.
Sendo... o sonho muitas vezes uma substituição à própria vida.
Diante de uma realidade decepcionante, o sonho aparece como
único caminho.

A ilusão, trata-se de sonhos inconseqüentes.
E o passado deixa de ser preparação
O futuro não se torna esperança.

Fernando Pessoa apresenta-se contraditório; nada que dele
se afirme é absoluto, nem o define na sua totalidade.

Alguns dos processos estilísticos mais típicos
de fernando Pessoa:

- capacidade de abstração
- a grandeza e a profundidade da
análise do sujeito
- a possibilidade invulgar de
sintetizar

Tais características:
capacidade de análise e síntese,
revelam índices de estilo eminentemente
intelectual.

Estilo - Intelectualismo fraccionando a frase
em vários membros,
significando a multiplicidade das operações
intelectuais e assim enuncia o afastamento entre
o sujeito e o amor.

Ver:
Hora Contemporânea - Álvaro de Campos
Hora Marítima
Ode Triunfal


A análise dos processos mentais e o léxico
do conteúdo mais intelectual do que atento
às sensações, desenganam-se quanto a naturalidade
dessas vivências.

Na obra de Fernando Pessoa há uma conotação
de serenidade sugerindo a paz que a inconsciência
traria ao poeta.
Mas a inconsciência não basta a um homem
para quem a inteligência lúcida
representa tanto.

Apresenta-se o léxico tecendo
sugestões inesperadas:
as imagens
a presença da música
a paisagem bucólica que não é descrita

Há uma lucidez crítica na Obra Pessoana.
Caeiro apresenta essa lucidez crítica,
para Caeiro a inconsciência seria uma fuga.

Para Caeiro há a recusa da temporalização.

Pela falta de temporalização futura, o homem
não se apropria do passado, e o presente não é
mais do que um abandono do corpo à natureza.
Assim,
pouco a pouco,
vai-se perdendo de si próprio e tornando-se
impessoal,
nada mais do que uma peça da natureza
da qual
se absorve e se difunde.

sábado, 21 de maio de 2011

CDs, DVDs e Cia Ltda. ? ... ? ... ? ...

A venda de CDs, DVDs e cia...em sessões
de lojas de departamento, é a realidade da distribuição
do produto no mercado consumidor, e é quase impossível avistar
uma loja independente neste ramo... Aliás,
no meu bairro tem ainda uma daquelas lojas que só vende
esses produtos... Sim, uma loja que só trabalha com CDs, DVDs
Apesar de não ir muito lá, eu tenho muito orgulho de ter
essa loja no meu bairro...E há muito tempo tem essa loja aqui!
Para mim, já é patrimônio do Bairro e... com muita honra!!!
Quando fui assistir o documentário que abordava o fechamento
das lojas independentes de discos, achei muito interessante
considerar o porquê de tudo isso, que por sinal, foi muito bem
apresentado no documentário!
E volto a dizer: Orgulho-me muito da loja de "disco" independente
que tem no meu bairro!
E.. aproveito para dizer também que eu amo o meu bairro!
Amo muito muito muito muito o meu bairro ! De coração !

Ah... O nome do documentário que fui assistir e comentei aqui é:
"I need that record! The death (or possible survival) of the
independent record store"

Deixo aqui, no blog, o resumo, extraído do folder da Mostra de
Cinema Mundial, realizada pelo Centro Cultural Banco do Brasil,
apresentando o programa Música do Underground, integrante da
programação do Indie.10:

"Um documentário que examina porque mais de 3 mil
lojas independentes
de discos fecharam nos EUA, na última década.
Gravadoras gananciosas, consolidação da mídia,
rádio homogeneizado,
grandes lojas, comércio eletrônico,
'astros' ruins impulsionados
pelo grande capital, e a revolução digital,
todos representam
ameaças ao bem-estar de nossas lojas
de discos preferidas.
Essas lojas vão morrer?
Sobreviverão?"

O documentário é super bem dirigido por Brendan Toller,
que também assina a edição e a fotografia.
É ótimo o documentário!
O 'cara' é o máximo! Ele estudou cinema não ficcional, que eu
considero muito interessante como fonte de criação
para cinema; e teoria política e jornalismo.

Este diretor é muito interessante porque ao ler sobre ele,
muito me chamou a atenção esta citação: "Brendan Toller
é de Portland, nos EUA, onde a música rock e o cinema
o salvaram do tédio suburbano extremo."

Considerei ser ele uma pessoa muito especial!!!

Ah! O site www.indiefestival.com.br é muito legal!
Para quem quiser conferir... é muito bom!
Afinal ser INDIE é ser INDIE!
Totalmente INDIE!
E...VIVA o Cinema Independente!
Assim como INDIE ser...
traz um estilo todo próprio de
ver as coisas!

Gosto de escrever sobre esses temas porque são
temas que viabilizam a construção de valores estéticos
diferentes em detrimento ao que se convenciona ser...
por ser...
com pretensões tão banais...
Aprecio iniciativas com uma perspectiva
mais independente
e sem comprometimento com padrões,
pois nos capacita a fazer
nossas prórias escolhas!

Tchau!
Tudo de bom para você!
Lógico...eu...Erica
A única,
soberana,
sem jamais haver outra igual!
Rica em honras, segundo o norueguês arcaico
e sempre poderosa, segundo o germânico moderno!
Aliás, meu nome, realmente, só poderia ter
esse significado!
Ah!Ah!Ah!
Muita bobeira de uma vez só!
Mas vale a pena ter bom humor!
Ah!Ah!Ah!
Tchau!!!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Filosofias Populares

Gosto muito de ouvir as músicas que refletem o "estar" afetivo, principalmente, da ala que compõe o universo masculino.
Essas músicas... são aquelas que chamam de "pagode";
tem umas extremamente lindas...que me antenam às "conversinhas" e "enrolações" dos homens,e me ajudam a aprender
mais sobre suas estratégias.
Acho interessante essas técnicas, apesar de saber que
nunca serei assim uma
"expert" para entendê-las totalmente. Mas acho muito legal
o jogo de conquista e sedução! Toda mulher realmente adora isso...
Só não pode ser cafageste!
Tais músicas fazem um raio x do que imagino ser o que o homem
"imagina".
Caramba! Nem eu agora...imaginei mais nada...
Ah!Ah!Ah!
É melhor nem imaginar...

Bem...Voltando à radiografia, eu considero que pra gente,
ainda que não "curta" muito as músicas de pagode;
nós, mulheres acabamos por ter uma "aula" de..."como os homens pensam,
imaginam, consideram..." sei lá... todo esse jogo...quando a gente
escuta essas "músicas"!
Aliás, aquelas do Alexandre Pires são lindas, mesmo!
Gosto do arranjo, das melodias, da rítmica orientada pelo estilo...
e sem dúvida, umas são muito fiéis ao comportamento afetivo do homem
em relação a uma mulher em determinadas situações.
Como eu costumo dizer: Tudo é muito lindo...!
E.. que façam mais músicas de pagode assim !
Mais conteúdo para aprender!
Ótimas filosofias populares!
Tchau!
Tudo de bom!
Erica

domingo, 15 de maio de 2011

Recadinho...

Quero deixar um recadinho para quem quiser...
Visitar o site que freqüento: www.recantodasletras.uol.com.br/autores/ericavoice
Neste site estão as minhas poesias,
alguns áudios com canções
que eu interpreto e algumas originais
... que eu ainda vou colocar,
e algumas poesias recitadas também
Quem quiser conferir, este site é muito legal!
Tchau!!!
Tudo de bom para você!
Lógico...eu...Erica
Ah! Ah! Ah!
Tchau

Tenho saudade...

Tenho saudade de tudo que me faz sorrir...
Quero viver essa saudade todo dia...
Viver do que saudade senti...
Sentir para ter saudade...e voltar a sorrir !

Ah!!! Essa saudade...que me faz viver...

Saudade que me saúde todo dia!

Erica

domingo, 8 de maio de 2011

Feliz Dia das Mães para todas as Mães do mundo inteiro !!!

Feliz dia das Mães para todas as mães do mundo inteiro!
Ser mãe é realmente muito lindo! É algo tão lindo...que é realmente sem palavras!
Somente as mães sabem o que é ser mãe!
E cada mãe sabe ser mãe do seu filho !
Não haveria outra mãe para outro filho, nem outro filho para outra mãe !
É lindo !!! É uma experiência única !!!
Que Deus nos abençoe sempre !
Ser mãe é simplesmente lindo !!!

Com carinho e amor no coração,
Erica

Estou muito feliz !!!

Estou muito feliz mesmo! Fui ao Barril para dançar! Fui com minhas amigas e sinceramente adorei!
Eu amo dançar! E dessa vez a gente também ficou perto da caixa de som e assim eu posso realmente
"sentir" a música ! Toda vez que vou dançar, se possível, fico perto da caixa de som; quanto mais alto o
som, melhor! Nossa! Adoro dançar!
Se pudesse, levaria minha vida só cantando, dançando e escrevendo,
compondo e seria assim...feliz, alegre pelo mundo afora! Alguém me compreende "meu ser" ? Talvez um dia vocês ainda me vejam cantando nos barzinhos da vida! Às vezes acho que não dá mesmo pra fugir do destino, mas também não sei de nada!!! Ah! Ah! Ah!
 Esse meu jeito de ter que sempre estar com os pés no chão muitas vezes não me permite sonhar, e sinceramente não tenho nenhuma ilusão nessa vida com nada!
Se pelo menos, a Arte desse dinheiro nesse país " Brasilsilsilsilsilsilsil!!!!! não consideraria isso tão fruto de ima idéia imatura ou irresponsável! É isso que eu acabo achando... Às vezes acho que levo tudo muito à sério...mas no final das contas a vida é séria mesmo, e não dá pra brasileiro ficar sonhando ridiculamente...
Ninguém aqui faz muita coisa pela Arte, pela Cultura, e no final das contas , pessoas asssim como eu,que
sei lá, nasceram com essas "vontades" de cantar, dançar, escrever, compor é sempre visto como gente "destrambelhada" e assim...não dou "pérolas a porcos" eu sou muito mais eu, e se as pessoas não são assim
eu acho que é problema delas... e que se f...!
 Gente chata que é tudo careta  desprovida de evolução!
Mas o Brasil é um caso à parte! Não é culpa de nada !
Mas a vida é linda e maravilhosa!
Eu amo  a minha Coca-Cola!
Graças a Deus, eu não bebo! Vejo muita gente legal que fica idiota quando bebe ! E pra mim isso é sinal de pouca inteligência ! Eu não preciso de nada para ser quem sou, e muito menos para me sentir feliz, eu me domino e não tem nada que seja melhor do que eu para que eu seja eu mesma! Enfim, beber é coisa de mané! Caramba, cara! Que moral!!!! Enfim, preciso constantemente extravasar o" meu ser..." Já que, pra mim, as melhores coisa da vida, aqui neste planeta, são três: música, realmente a música aqui é algo muito bom mesmo; a Coca-Cola, que todo ser-humano realmente precisa...e não faz mal, é óbvio que tenha alcançado o mundo inteiro; e lógico, que seria o primeiro nessa seqüência, que é sexo; quando o ser-humano se relaciona sexualmente havendo afeto, amor, carinho, tesão... é realmente a melhor experiência humana; enfim, sou hetero e homem é a melhor coisa do mundo! Mas tem que ser bom.........em tudo! E educado, elegante, inteligente, trabalhador, honesto, responsável e bom caráter...Ah! Ah!Ah! Esse homem não existe! Eu estou satisfeita com o meu! Bem...Estou começando a falar besteira! Nessas horas é melhor parar!
Sou libriana com ascendente em capricórnio, e meu lado razão é muito forte!
 Cara, às vezes, não queria ser assim...eu analiso tudo, penso mil vezes antes de tomar  uma atitude, quando decido alguma coisa é fruto de inúmeras ponderações e costumo ser extremamente cuidadosa com tudo...para  não fazer m... por aí! Mas, estamos aí! Serei sempre eu mesma, porque nada é impossível, e às vezes, vou extravasar o "meu ser"...
Que legal! Escrever essas bobagens!!! mas, sinceramnete, se pudesse
viver da Arte, seria muito mais feliz!!!
Esta sou eu !  " E esta pessoa, esta pessoa...sou eu !!! Eu me amo, eu me adoro... eu não consigo viver sem mim!" Adoro a êxtase existencialista dessa música da Blitz ! 
Amo de coração as pessoas, mesmo sabendo que elas são complexas e extremamente complicadas no mundinho delas ! Cada um na verdade o é! Mas se cada um se preocupasse consigo mesmo e só lidasse com o seu semelhante se valendo de  atitudes que nomeiem o respeito, a bondade e a educação...esse mundo seria bem melhor! Ninguém precisaria sair por aí, amando e gostando muito um do outro, porque isso é realmente questão de afinidade...
mas sermos educados, respeitosos, termos atitudes de bondade e generosidade para com o nosso semelhante,
enfim sermos gentis uns com os outros, já ía dar uma melhorada nessa sociedade conemporânea, porque as pessoas, o ser-humano é bom, apenas precisa se organizar socialmente, educadamente...com princípios e valores éticos  mais elevados! Pra mim essa é a grande questão... E viva a vida! Cada um na sua!!! E todo mundo no mesmo barco!!!
Tchau!   Boa noite!!!   Sonharei com as estrelas brilhando!!! Pode parcer bobo...mas eu amo as estrelas!!!
Adoro ver o céu à noite e ver estrelas!!!Acho lindo!!!Lindo!!!
Experimente fazer isso também!!!
Com carinho e amor no coração, Erica

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Anotações sobre Fernando Pessoa - A Vivência do Tempo - A Realidade

Para Fernando Pessoa, a  realidade apresenta-se confinada ao presente.

A Realidade
A análise dos processos mentais e o léxico de conteúdo mais intelectual
do que atento às sensações, desenganam-nos quanto à natureza dessas vivências.

- Consciente/ Inconsciente
- Inteligência Lúcida

São características fortes na obra pessoana.

Na lucidez crítica de Caeiro, a inconsciência seria uma fuga.

Há na obra pessoana:

- Falta de temporalização futura
- Não há apropriação ao passado
- O presente é um abandono ao corpo e à natureza

A absorção do presente vem do desejo da inconsciência.
Nega-se o passado e o futuro.
Há a ilusão da eternidade presente.

No presente, confundem-se passado e futuro.
A matéria reduz-se ao presente.
A matéria é variável e mutável.
Mais uma vez, a recusa da temporalização.

Na obra pessoana há inteligência discursiva.

Para Caeiro, a realidade, a consciência pouco interessa. E a matéria permanece
e assim fica eternamente presente, como o Universo.

Na obra pessoana há o trinômio:
- poesia
- transgressão
- utopia

Pela angústia do tempo, o poeta procura penetrar na inteligência do mundo.
Há, sim, um matiz explicitamente filosófico.
O poeta, muitas vezes, pela inquietação substantiva, recorre à observação psicológica.
E, assim, revela-se um valor paradigmático.

Em seus textos, sem exaltações, nem reptos poéticos, a obra pessoana admite um tom eminentimente
intelectual nas composições.
Não há uma aceitação da temporalidade.
Expressando vagos sentimentos, seus textos, revelam uma perspicácia psicológica vibrátil.
Na obra pessoana observa-se uma consciência lúcida e inteligente.
Destacando-se como principal valor estilístico:
- expressão sutil
- abstrata
- perspicaz


Há também a determinação de se analisar. O desejo de compreender, esquadrinhar, de ver até o fundo.
E é justamente isso que motiva toda a composição pessoana.
E que resulta numa composição:
- serena
- compassada
- medida
- enformada

Por um raciocínio claro, onde as fórmulas abstratas predominam, caracterizando o tom intelectual.

Há a lucidez crítica sempre desperta:

- ironizando a propósito de tudo
- criando o ceticismo
- analisando constantemente

O processo psicológico descrito revela a inadaptação que coloca o sujeito à margem da vida:

" Como alguém distraído
  da viagem,
  Segui por dois caminhos
  par a par.

  Fui com o mundo  
  parte da paisagem;
  Comigo fui,
  sem ver
  nem recordar

  Chegado aqui,
  onde hoje estou
  conheço
  que sou diverso
  no que informe estou

  No meu próprio
  caminho me atravesso
  Não conheço quem fui
  no que hoje sou

  Serei eu
  porque nada
  é impossível
 
  Vários trazidos de outros
  mundos, e

  No mesmo ponto
  espaço/espacial/sensível

  Que sou eu,
  sendo eu
  por estar aqui ?

  Serei eu,
  porque todo
  o pensamento
  podendo conceber
  bem pode ser,
  um dilatado e múrmuro
  momento,
  De tempos-seres
  De quem sou o viver? "


A compreensão da vivência do Tempo
em Fernando Pessoa, exprime a vida falhada.

Na obra pessoana nota-se um intelectualismo que revela
a capacidade de síntese.

Anotações sobre Fernando Pessoa - A Vivência do Tempo - O Anterior, Eternidade do Passado

Supõe-se um passado anterior à forma presente da existência, isto é, uma preexistência que seria a verdadeira.

Anotações sobre Fernando Pessoa
A Vivência do Tempo
O anterior, eternidade do passado

Encontra-se também com frequência vagas suspeitas percepções incompletas da realidade remota
que aponta uma plenitude.

O tom elevado, vocabulário culto, a maiúscula em desigual, o ritmo amplo, compassado e a calma
impertubável com que toda a composição se desenvolve, inculcam  o sentimento da nobreza da realidade superior de que o poeta sente hoje a imagem infiel, a saudade imperial."

Apoiado na tradição platônica ou em indicações esotéricas, a inquietação da eternidade permite
antever esperança para a vida, que tantas vezes parece sem solução.

O poeta é alguém que o sujeito sente em si, como que ultrapassando-o infinitamente, de origem divina.
Alguém que está muito para além da vida de inércia  e de abulia  em que se afunda.
Alguém que está ligado à vida, que também a sofre, que a transcende e a transpõe.

Anotações sobre Fernando Pessoa - A Vivência do Tempo

Anotações sobre Fernando Pessoa
A Vivência do Tempo

Carpe Diem
representa a eternidade do presente

" A chuva é miúda e vazia...
  A hora sabe a ter sido."

A substantivação do verbo revela a análise intelectual
e acentua a idéia de passado de modo habitual

" E assim a Hora passa metafisicamente."

A Hora Absurda é o primeiro exemplo e o próprio título encerra a idéia de poesia.

Conceitua o sentido de poesia.

Na sua poesia, faz-se referência a coisas que não existem, e tais elementos
se tornam coeficientes da realidade:
- condicionadas
- hipóteses
- desejo

À propósito de D.João - o primeiro -

" O homem e a hora
   são um só
  Quando Deus faz
  e a história é feita."

A realidade, para Fernando Pessoa, seria a realidade do momento;
não necessariamente a recusa do futuro,
mas a resignação.

Para Fernando Pessoa
" A natureza é só uma superfície. "

" Porque me falta a simplicidade divina
de ter sido só o meu exterior. "

Para Fernando Pessoa, arealidade é a ausência de cuidados no futuro.
Não se tem ambições, nem desejos.
Esse bucólico consiste na negação do tempo.
O passado e o futuro quase não existem.
O presente vem a ser um tempo da sensação.
Logo, para Fernando Pessoa, a realidade é confinada ao presente.
Quando F. Pessoa discursa sobre a realidade há uma análise.
F. Pessoa se refere ao tempo com letra  T (maiúscula) em relação a sua intensidade.
Assim como o Mar.  ( letra M  -  maiúscula )

O paradoxo desfaz-se facilmente:
O eterno retorno é o tempo da Natureza mas o tempo humano é sempre
o eterno devir alheio e irreversível.

Alberto Caeiro não afirma a ausência de inquietação temporal apenas através do eterno retorno.

A declaração de ser sempre igual a si mesmo, invulnerável à usura do tempo, tem no contexto da poesia pessoana  um sentido quase provocatório, tal como a total ausência de angústia.

Fernando Pessoa só admite o tempo objetivo, o tempo cósmico; e não o tempo humano, o tempo subjetivo.

" Passo e fico, como o Universo."

No tempo cósmico, o tempo da  natureza, o passado ( como o futuro ) parece não existir.

Fernando Pessoa, sentindo-se separado, perdido do que fora no passado, e inteiramente
desinteressado do futuro; o tempo surge como uma sucessão, um tanto absurda, de instantes
sem relação aparente uns com os outros.
Na medida em que o poeta sentia uma utopia, e na medida que a anuncia, antevê um paraíso futuro
imaginado como um estado final de perfeição, não sujeito já a evolução do tempo, mas visto como
alguma coisa de inacabado. O termo de toda uma longa caminhada, e parece encontrar aí a aspiração, ainda que inconsciente, à eternidade situada nos tempos que hão de vir.

" E assim a hora passa/ Metafisicamente."
( Letra M maiúscula ) intensidade

O intelectualismo de Pessoa funciona como principal valor estilístico, criando imagens nítidas
para significar a ilusão.

sábado, 19 de março de 2011

Bem-vindos ao meu Blog, recantistas!

Olá, recantistas!
Gostaria de partilhar com vocês o meu blog. Não tenho ainda muitas anotações, mas prometo que serei mais disciplinada em relação a isso. Aliás, devo explicar que ainda não postei as minhas anotações sobre Fernando Pessoa - Poeta, meu poeta favorito ( Eu simplesmente amo muito Fernando Pessoa ). Realizo pesquisas sobre o assunto e minhas anotações são fruto de leituras de livros sobre o poeta. Tenho por hábito freqüentar a Biblioteca do CCBB, que por sinal, está fechada para reforma. Espero que a Biblioteca fique ainda mais linda! Pois eu amo aquele espacinho tão lindo na minha cidade, e já estou com muitas saudades de lá! A Bilblioteca só será reaberta em setembro; ..." Quando chegar setembro..." Ah! Fiz referência àquela música linda...Estou aguardando para poder retornar às leituras e pesquisas sobre o tema!
Enquanto isso, convido todos vocês, bem...gostaria de dizer, neste meu blog, que sinceramnente, eu acho o Recanto das Letras sensacional, um site lindo que eu descobrí, e quem torna o site lindo são vocês que participam do site, e que considero o melhor no gênero, justamente por causa de vocês recantistas, pessoas tão lindas que eu aprendi a respeitar e admirar a cada leitura! Verdade mesmo! Sou muito feliz e tenho muito orgulho de ter conhecido vocês! Eu amo o Recanto das Letras, amo os recantistas...vocês! Sinceramente, mesmo!

Gostaria de dizer pra vocês que publiquei um livro de Poesias no site Clube de Autores, o endereço do site
é http://www.clubedosautores/ .com.br e espero que visitem o site para conferir com carinho, algo que fiz com muito amor! e gostaria de partilhar este momento legal na minha vida com vocês, que são da mesma "praia".
O nome do Livro é: Sentimentos e Tempo   Poesias    Autora: Erica Ferraz. E, continuem visitando o meu blog, é um espaço diferente para gente se expressar também!
Tudo de bom para vocês...Amo vocês! Com carinho, Erica
Aguardo a visita de vocês!  Erica

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011